HISTÓRIA

General Carneiro é um município brasileiro do estado de Mato Grosso. Localiza-se a uma latitude 15º42'39" sul e a uma longitude 52º45'19" oeste, estando a uma altitude de 343 metros. Sua população estimada em 2010 era de 5 018 habitantes.

Possui uma área de 4146,91 km².

Está localizado a 66 km ao oeste da divisa com o estado de Goiás, segue portanto o horário de Brasília, e não de Cuiabá, e a voltagem na cidade é 220 V. Em junho de 2011 a única operadora de celular que funciona na cidade é da Claro.

O território do município de General Carneiro foi habitado primitivamente por parte do povo indígena bororó. Ainda hoje, essa parte do povo bororó vive no município, na Área Indígena Merure. O povo xavante que também ocupou parte do território do município, vive atualmente na Área Indígena Sangradouro. As primeiras notícias que se tem da região remontam ao tempo da penetração de Amaro Leite pelo Rio das Mortes. Após uma vida agitada, o arraial fundado por Amaro Leite, com a denominação de Araés, alterada depois para Santo Antônio do Amarante, terminou, quando os últimos 240 habitantes, em 1789, solicitaram ao governo da Capitania licença para despovoar o arraial e transladar-se para Barreiros.

Entrementes, a primeira pessoa que se tem notícia de fixação na região de General Carneiro foi o major Catarino, em meados do século XIX. O lugar recebeu a denominação de Barreiro Grande. O nome provinha das imensas poças d' água, que, ligadas entre si, formava grande lamaçal, ou barreirão. Tratava-se de uma referência geográfica, graças às intempéries da região. O lugar cresceu com a chegada de garimpeiros proveniente da região dos atuais municípios de Guiratinga e Tesouro, com suas respectivas famílias. A corrutela garimpeira assentou-se à margem esquerda do barreirão, exatamente onde passava a estrada carroçável, mais tarde a BR-70, que demandava de Cuiabá até Vila Boa de Goiás, aberta ainda no século XVIII. Nesta época o território da incipiente povoação era jurisdicionado ao município de Cuiabá. Foi criado como distrito pela Lei nº 1.158 de 18 de novembro de 1958, incorporado ao município de Tesouro, sendo elevado á município em 3 de dezembro de 1963.