21/05/2018 08:08
Prefeitura Realiza Ação pelo Dia Nacional do Combate ao Abuso e Exploração Sexual Infantil

O Dia Nacional de Enfrentamento ao Abuso e a Exploração Sexual Infantil (18 de maio) foi lembrado com uma série de ações, em General Carneiro – MT. A Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Assistência Social, em conjunto com o CRAS, realizaram diversas ações durante toda a semana, entre elas palestras, mobilizações e visitas, encerrando no ultimo dia 18 com uma grande caminhada pelas ruas da cidade.

O objetivo foi estimular a denúncia e sensibilizar a população sobre o assunto. Foi realizado ainda um concurso de frases, para nortear todas essas ações, onde a frase vencedora saiu do 1° Ano do Ensino Médio da Escola Laura Vicuña, que diz: A INFÂNCIA DE UMA CRIANÇA VALE MAIS QUE SEU CORPO!

Para a Secretária de Assistência Social Viviane Soares, o evento superou todas as expectativas e ressaltou que a luta esta apenas começando. “Finalizamos a semana com nossos objetivos realizados, passamos por todas as escolas, fizemos diversas ações durante a semana e findamos hoje com a nossa caminhada, mas, a luta não termina por aqui, plantamos uma semente, na qual esperamos colher bons frutos futuramente. É de extrema importância que todos se conscientizem e denuncie o abuso sexual, qualquer suspeita, pode ser denunciado ao Conselho Tutelar, Policia Militar e até mesmo aqui no Crás.

O Evento contou com a presença da população, do Vice – Prefeito Alexandre Augusto, Policia Militar, Conselho Tutelar, Secretários Municipais, Professores, Diretores e alunos da rede municipal, privada e estadual.

O Dia Nacional de Enfrentamento ao Abuso e a Exploração Sexual Infantil existe desde o ano 2000, quando houve o bárbaro assassinato da menina Araceli Cabrera Sánchez Crespo, de 8 anos, vítima de extrema violência sexual, em Vitória, no Espírito Santo.

 

Entenda o que é abuso sexual

 É considerado abuso sexual infantil qualquer ato ou relação sexual que estimule a sexualidade da criança ou adolescente para obter satisfação própria ou de outra pessoa. Vale lembrar que para ser considerado abuso sexual infantil não precisa existir contato físico.

 Conheça alguns sinais que podem ajudar a identificar se a criança e/ou adolescente, em alguns casos, está sofrendo abuso sexual:

 A criança está agressiva, irritada e machuca o próprio corpo;
 Está muito quieta, triste, medrosa ou chorosa;
 Está desatenta na escola ou desinteressada em atividades e brincadeiras;
 Apresenta marcas de agressão ou machucados, tem dificuldade de andar ou sentar;
 Faz desenhos agressivos que mostram situações de medo ou cenas envolvendo questões sexuais.

 

 

 

 

 

Fonte:Claudemir Teles